A Cabeça do Santo, da Socorro Acioli

IMG_0053

  • Título: A Cabeça do Santo
  • Autora: Socorro Acioli
  • Editora: Companhia das Letras
  • Ano de lançamento: 2014
  • Número de páginas: 168
  • Nota: quatro estrelas
  • Sinopse: “Sob o sol torturante do sertão do Ceará, Samuel empreende uma viagem apé para encontrar o pai que nunca conheceu. Ele vai contrariado, apenas para cumprir o último pedido que a mãe lhe fez antes de morrer. Quando chega à cidade quase fantasma de Candeia, encontra abrigo num lugar curioso: a cabeça gigantesca de uma estátua inacabada de santo Antônio, que jazia separada do resto do corpo. Coisas extraordinárias começam a acontecer depois que Samuel descobre ter o dom de ouvir as preces e os segredos do coração das mulheres das redondezas, que não param de reverberar dentro da cabeça do santo.”

Quero deixar bem claro que, apesar de ser amiga da Socorro, esta resenha será completamente imparcial. Mostrarei minhas opiniões e impressões como leitora, nada mais que isso. Comprei o livro no dia do lançamento, mas demorei para lê-lo pois coloquei outros na frente, para variar. Mas tenho que dizer que foi um ótimo jeito de terminar 2014, é um ótimo livro e que já está recebendo seus devidos méritos, como o fato de ter sido traduzido para a língua inglesa pela editora britânica Hot Key Books.

IMG_0030IMG_0036

Nessa obra temos personagens fortes e, diferentemente do que eu pensei, a religião não é a temática principal do livro, e sim a fé. O personagem principal, Samuel, passa por uma jornada de autodescoberta e questionamento de suas crenças. Outro tema tratado no livro foi o estado de negligência em que algumas cidades pequenas são deixadas por seus políticos.

IMG_0034IMG_0040

Amor e vingança são dois sentimentos muito marcantes durante a leitura e isso vai mudar o curso da história inteira. Na metade do livro você já está sem fôlego querendo saber como será o desfecho de cada personagem. O final me agradou, não foi feliz nem triste, mas eu sinto que haveria um ganchinho deixado ali para que houvesse mais história. Eu ficaria bastante satisfeita em ler mais sobre o Samuel.

IMG_0052IMG_0031

Uma coisa que eu gostei muito é que o livro é dividido em três partes, e no início de cada uma há uma citação que resume a “ideia” de cada parte. A minha favorita é uma que eu até já comentei aqui no blog em um post sobre epígrafes, que é do José Eduardo Agualusa.

“Se soubesses as coisas em que acredito, olharias para mim como se eu fosse, sozinha, um grande circo de monstros.”

É só isso por hoje. Até mais! /Jadeh

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s