Mentirosos, da E. Lockhart

IMG_0059

  • Título: Mentirosos
  • Autora: E. Lockhart
  • Editora: Seguinte
  • Número de páginas: 270
  • Ano de lançamento: 2014
  • Nota: cinco estrelas
  • Sinopse: “Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular, com mansões repletas de objetos caros e inúteis e varandas com vista para o mar. Enquanto as três irmãs disputam constantemente a herança do pai, os mais jovens tentam ignorar as discussões e apenas se divertir. Cadence – a neta primogênita e principal herdeira – ,seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos. Gat é o único que não pertence à família e, ao contrário do esteriótipo Sinclair (jovens brancos, altos, loiros e perfeitos), tem ascendência indiana e, não por acaso, é o único a questionar aquela vida de privilegiados. Cadence se encanta com ele desde o início e, conforme os anos passam, a amizade com aquele garoto intenso e de diferentes convicções políticas evolui para algo mais. Mas tudo desmorona durante o verão dos quinze anos, quando Cadence sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.

Essa é a resenha mais difícil que já escrevi desde o início do blog por dois motivos:

1) Eu não estava dando muita coisa por essa história, e o livro me impactou de tal forma que estou até agora naquele estado de não saber o que fazer com a minha vida daqui para frente.

2) Não posso revelar nada do enredo além da sinopse porque essa é uma história que se sustenta pelo mistério e pela surpresa. Qualquer detalhe a mais estraga a experiência do leitor, tentem ao máximo não pegar spoilers.

IMG_0062IMG_0063

O último livro que havia me deixado dessa forma foi Princesa Mecânica, da Cassandra Clare, mas por motivos completamente diferentes dos que são apresentados em Mentirosos. É um livro curto, mas E. Lockart tece uma história muito densa, em que você lê oito páginas e tem a impressão de ter lido quarenta. E não pela leitura ser entediante, mas pela quantidade de conteúdo colocado em cada página. A autora soube condensar muito bem a história, o livro tem o tamanho perfeito, não senti que faltou ou sobrou nada. Além disso, descobri que ela é uma ótima escritora de mistérios, porque é como se ela tivesse esmagado todas as minhas teorias com uma pedra. Nada do que eu pensei estava certo.

IMG_0064IMG_0067

Outro aspecto que me agradou muito foi a escrita. Tenho absoluta certeza que, apesar a reviravolta que há no livro, se não fosse escrito pela E. Lockhart talvez eu não tivesse gostado tanto. Ela usa de metáforas que fogem completamente do clichê, tanto que há cenas em que é necessário uma segunda leitura para compreender o que é real e o que é metáfora. A autora descreve acontecimentos de um teor trágico e pesado de forma tão simples, singela e poética. Estou ansiosíssima para ler tudo o que for publicado de sua autoria.

IMG_0071IMG_0074

A leitura flui de forma muito fácil, tanto que terminei Mentirosos em menos de um dia. É uma história curta mas que há tanto para se absorver. Eu voei pelas páginas e quero fazer uma segunda leitura, em inglês dessa vez, para conseguir raciocinar melhor, absorver as informações de forma mais coerente e compreender mensagens passadas pela autora que talvez em uma primeira leitura eu não tenha compreendido. É um livro que acho que levarei para a vida toda.

É só isso por hoje. Até mais! /Jadeh

Anúncios

5 comentários sobre “Mentirosos, da E. Lockhart

  1. Primeiramente, que capa linda é essa? Adorei o estilo e a fonte combinou.
    Eu adorei sua resenha, seria um livro que eu realmente leria com gosto… por se tratar de um mistério. EU AMO MISTÉRIOS! Na maioria das vezes sempre me engano e isso é ÓTIMO!

    Adorei seu blog, estarei por aqui mais vezes. ♥

    Curtido por 1 pessoa

  2. O final realmente é muito louco, mas, apesar de pequena, achei a história um pouco cansativa.
    Todo aquele papo do amor dela com o Gat e tal acabava comigo. Mas foi engraçado porque da quarta parte em diante a narrativa e a história mudam completamente. Parece outro livro. Se tivesse sido todo nesse ritmo teria sido perfeito pra mim.
    Mas ainda gosto dele, as metáforas dos contos de fada eram muito perspicazes. É uma boa história com certeza.
    Fiz a resenha no http://www.gatoqueflutua.wordpress.com

    Beijão!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s